Butantan entrega nesta sexta últimas doses da CoronaVac e paralisa produção da vacina

Foto//Reprodução

A situação da vacinação no Brasil fica cada vez mais difícil. Nesta sexta-feira (14), o Instituto Butantan entrega mais 1,1 milhão de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde e paralisa a produção total da vacina contra a Covid-19 por falta de matéria-prima. O Instituto aguarda a liberação pelo governo chinês de um lote com 10 mil litros de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para retomar a produção.

Com a entrega desta sexta para o governo federal, não há mais material para processamento em nenhuma etapa de produção. Pelo menos 15 estados do país já suspenderam a aplicação da primeira ou da segunda dose do imunizante por falta de vacina.

O Butantan é parceiro do laboratório chinês Sinovac, e responsável pela última etapa de produção da vacina no Brasil, que consiste no envase, na rotulagem e no controle de qualidade das doses.

De acordo com o Butantan, até a chegada de novos lotes do IFA, os setores assumem a produção da vacina da gripe.

Quer mais notícias, clique aqui: www.maisoeste.com.br