Bahia deve receber lote com mais de 180 mil doses da vacina da Janssen

Foto//Janssen/ Divulgação

A Bahia deve receber uma remessa com 180.600 doses de vacinas contra a Covid-19 fabricadas pelo laboratório Janssen, de acordo com informações divulgadas pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), nesta quinta-feira (10). A previsão é que os imunizantes cheguem ao estado na próxima semana.

Sobre o envio, o Ministério da Saúde informou que aguarda a chegada do imunizante, mas que já está em processo de planejamento de como a distribuição será feita. A pasta disse ainda que não confirma o quantitativo que a Bahia vai receber. Ainda não há data para os imunizantes cheguem ao estado.

De acordo com a Sesab, 50% do quantitativo será enviado para Salvador e a outra metade será distribuída proporcionalmente para 13 municípios da região metropolitana da capital, além de Santo Amaro, Conde e Saubara. As vacinas serão utilizadas para dar prosseguimento ao plano de vacinação que está sendo executado pelos municípios.

Segundo a Sesab, a distribuição foi acordada durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), instância deliberativa da saúde que reúne representantes dos 417 municípios e a Bahia, realizada nesta quinta.

A coordenadora de imunização da Bahia, Vânia Rebouças, esclarece que nas próximas remessas haverá um ajuste para que as vacinas continuem sendo distribuídas de forma proporcional. Ou seja, serão descontadas as próximas remessas de vacinas nas cidades que vão receber o imunizante da Janssen.

Vânia Rebouças explica também que a decisão tomada na reunião da CIB levou em conta o curto prazo de validade da remessa que será enviada para os estados. “Os munícipios assumiram o compromisso de fazer uso de 100% das doses recebidas em um curto prazo, que é inferior a 15 dias”, aponta.

Ainda segundo Vânia, o imunizante não será aplicado em gestantes puérperas. A vacina será aplicada em dose única, e pode ser armazenada em geladeiras comuns de 2°C a 8°C. Após aberto, o frasco tem validade de 6h. Ainda de acordo com a Sesab, o lote que a Bahia vai receber tem prazo de validade até o dia 27 de junho.

*G1

Quer mais notícias, clique aqui: www.maisoeste.com.br