Com formação histórica, É o Tchan celebra 30 anos de trajetória com show em Salvador

Fenômeno nos anos 90, o grupo É o Tchan realizou neste domingo (7), um show em comemoração aos 30 anos de trajetória da banda, no Clube Espanhol, em Salvador. A apresentação contou com uma formação histórica, com a presença dos dançarinos Scheila Carvalho, Sheila Mello e Jacaré.

Sobre as canções do grupo passarem por gerações ao longo desses 30 anos de história, Compadre Washington falou sobre como a atualização de redes sociais pode influenciar no processo e na renovação do repertório, com o lançamento de novas músicas. “O Tchan está praticamente na 4° geração e o intuito do grupo é levar alegria. A nossa musicalidade sempre é renovada, porque a gente está sempre atualizado em tudo que está acontecendo no mercado musical. Mas as nossas músicas a gente nunca esquece de cantar, porque marcaram épocas”, falou o cantor.

Scheila Carvalho contou que atualmente vê crianças dançando as coreografias do grupo nas redes sociais e destacou a importância dos meios de comunicação digitais para facilitar o contato de fãs com ela. “Quem dera se na época [em que foi dançarina do grupo] a gente tivesse contato, seria incrível. São danças fáceis, todo mundo faz e dança, veste o figurino, vai para o show e se diverte. É uma verdadeira festa”, disse Scheila Carvalho.

A banda começou o show nostálgico ao som de “Melô do Tchan”, grande sucesso do grupo e lançada em 1995, quando ainda se chamava “Gera Samba”. A canção possui uma coreografia clássica e conhecida por diversas gerações.

O repertório ainda contou com “Põe põe”, “Bota a cara no sol” e “Tchan na Selva”. O show acabou por volta de 22h45 sob os aplausos do público.

Surpresa de Carla Perez

Um momento marcante do show foi quando Carla Perez subiu ao palco do Clube Espanhol. A ex-dançarina do É o Tchan assistia o show na plateia e decidiu dançar com os amigos a canção “Segura o Tchan”. Beto Jamaica brincou e fez um trocadilho com a música “Melô do Tchan”. “Domingo ela disse que não vai, mas dessa vez ela veio”, disse o cantor.

O cantor Xanddy Harmonia, marido de Carla Perez, também fez uma surpresa e cantou no show comemorativo do É o Tchan. Carla voltou para o palco novamente e dançou com Xanddy e o grupo É o Tchan ao som de “Mexe, Mexe, Mainha”, hit do cantor baiano.

Xanddy exaltou a importância do É o Tchan para o pagode no cenário musical baiano. “Se hoje eu subo em um palco e o pagode existe no Brasil, é graças ao Tchan. Quando eu tinha 16 anos, ouvia as músicas no rádio de pilha e sonhava em ser como eles”, revelou o cantor.

Fonte//G1