O homem de 34 anos que recebeu mais de 18 tiros após uma briga em um bar, acordou após ficar em coma por mais de 20 dias. Quatro dos 18 tiros atingiram a cabeça dele. A informação foi dada por uma irmã de Tiago Araújo Santos, nesta terça-feira (14). Em um vídeo publicado na redes sociais, nesta terça-feira, Tiago agradeceu as orações e torcida pela sua recuperação.

O crime aconteceu no dia 20 de abril, na cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Tiago, de 34 anos, ficou internado em estado grave, no Hospital Geral do Estado (HGE). O caso aconteceu no sábado em um estabelecimento localizado em um condomínio do bairro de Itinga.

Lene, irmã mais velha da vítima, relatou ao g1 que ele está bem, falando e andando normalmente, e sem sequelas. Segundo ela, Tiago vai passar por uma cirurgia para melhorar apenas a estética da cabeça dele, que foi impactada por causa dos disparos.

Informações apontaram que Tiago Araújo teve uma discussão, no bar do condomínio, com o suspeito de efetuar os disparos. Em seguida, o homem foi até a casa onde mora, pegou uma ama, voltou no local e disparou várias vezes na vítima.

“Realmente esse homem foi o responsável pelos disparos. Não sabemos quem é a pessoa, sabemos só que o motivo foi por uma discussão. Nada justifica uma pessoa dar 18 tiros em uma pessoa. Tiago está vivo porque Deus tem um propósito na vida dele”, disse uma pessoa da família da vítima que preferiu não se identificar.

O familiar falou ainda que Tiago não conhece o suspeito e “estava na hora errada e local errado”. A Polícia Civil informou que o caso é investigado na delegacia de Itinga. Conforme apuração da produção da TV Bahia, a discussão pode ter sido motivada por homofobia. No entanto, a polícia ainda não confirma essa versão.

Fonte//G1

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *