Os novos rumos do código tributário e a carreata nas ruas de Barreiras

 

Os ânimos  dos comerciantes e demais pessoas que pagam impostos para a prefeitura de Barreiras estavam bastante exaltados com a divulgação e constatação que a tabela com os novos valores estava fora da realidade para muitas pessoas da cidade. O Site Mais Oeste divulgou na tarde da última quinta-feira ( 25 ), que prefeitura já estava sensível e que iria tomar providências para fazer os devidos ajustes, não deu outra no mesmo dia a assessoria transmitiu pelas redes sociais e em informativos pagos que estava revendo ( leia matéria ) já marcando um encontro de negociações já na sexta-feira dia 26,

carreata na Av. ACM

no mesmo dia uma manifestação promovida por empresários e até mesmo por pessoas que compõem a oposição atual de Barreiras lotaram as ruas desde o Bairro de Barreirinhas até o centro da cidade, nas avenidas ACM e Cleriston Andrade, os organizadores estimaram que mais de 300 carros estavam manifestação, esse número foi maior por que foi na hora pico ou rush como queiram , o importante que lotou o centro e demonstrou que a sociedade barreirense a cada ano que passa se conscientiza que tem voz, independente de interesses políticos o povo foi tá sendo politizado e brigando por seus direitos. Em entrevista exclusiva ao Site Mais Oeste o empresário Leonardo Masini fez uma analise da carreata

 

” … Representou muito, pois nos deu a certeza de que juntos somos muito fortes. E ali não foi carreta política mesmo tendo a presença de alguns políticos, foi tudo organizado pelos empresários com ênfase nos grupos de ciclistas. E um alertar para os Vereadores pela extrema falta de respeito com as pessoas que movimentam a economia local … “

 

Conforme previsto, a CDL, CRC, OAB, Sindlojas e demais entidades que compõem a comissão que analisa o novo Código Tributário de Barreiras- CTB se reuniu no último dia 26 de janeiro, na sede da prefeitura para alinhar as mudanças que serão feitas no código.

Para que não haja prejuízos decorrentes de majorações consideradas inadequadas e abusivas foram tomadas as seguintes medidas:

1 –  Definição foi a suspensão das cobranças de todas as taxas até o dia 30 de março, quando as novas tabelas de cálculo do CTB já estarão devidamente revisadas.

2 – A medida refere-se a alíquota de ISS, que volta a ter como base a tabela de 2017 até que se tenha a revisão definitiva do código. A prefeitura constituiu uma consultoria tributarista para analisar todas as tabelas vinculadas ao novo código para a redefinição das bases de cálculo.

3 – Foi fixada como data limite o dia 1 de março para a apresentação das novas tabelas à Câmara Municipal para as devidas alterações, revogações e aditivos necessários para a efetiva vigência das novas condições. Para agilizar o processo, muitos pontos do CTB poderão ainda ser revistos e alterados por meio de Decreto.

4 – Durante o período de revisão, as entidades representativas da sociedade Barreirense formarão um Conselho de contribuintes para discussão permanente a fim de garantir que todas as demandas serão apreciadas e atendidas pela consultoria tributarista designada pela prefeitura.

Como complemento à definição, o Prefeito Zito Barbosa afirmou ainda que como medida cautelar, para evitar desvios pontuais, a prefeitura  vai se comprometer em estabelecer ainda limitadores que impeçam a cobrança de valores superiores a capacidade contributiva das empresas contribuintes.

O novo presidente da CDL, André Braga, destacou que “Nossa entidade seguirá sempre focada na defesa dos nossos associados e da classe lojista, com fizemos incansavelmente sobre no caso do CTB, entendo que dessa forma também contribuímos com a vida de cada cidadão Barreirense. É com a força da união de cada lojista que buscaremos sempre o diálogo e as ações necessárias para seguirmos participando ativamente do crescimento e desenvolvimento de Barreiras e região.”